Dra Nair Kobashi recebe o título de Cidadã Paulistana

Nair Kobashi - Cidadã Paulistana

A Dra Nair Yumiko Kobashi, cruspiana de '68, recebeu o título de Cidadã Paulistana em 19 de setembro de 2018. A seguir o discurso de agradecimento da Dra Kobashi no ato solene de entrega do título.

Exmo sr Antonio Vespoli, Vereador Câmara Municipal de São Paulo, amigos, amigas.

Boa noite. Estou muito grata à Câmara Municipal de São Paulo por esta honraria. Agradeço de forma especial ao vereador Toninho Véspoli. Muito obrigada Toninho.

O CHEQUE EM BRANCO

O CHEQUE EM BRANCO

Economia é a ciência que estuda a produção de bens limitados para atender às necessidades humanas ilimitadas.

No século XVII Thomas Hobbes, um matemático e filósofo inglês, escreveu “Leviatã”, um dos livros políticos mais importantes do ocidente.  A obra é referência para o estudo da influência do poder econômico no campo cultural, religioso e político.

ACIMA DE TODOS

ACIMA DE TODOS

 

Há somente dois partidos políticos no Brasil, o petismo e o antipetismo, é a lição deixada pela última eleição presidencial.

A situação é semelhante à dos Estados Unidos, a bipolarização entre os partidos Democrata e o Republicano.  Jair Bolsonaro seria o vitorioso Donald Trump e Fernando Haddad a derrotada Hillary Clinton em comparação com pessoas concretas. Segundo o pensamento científico francês o conhecimento nasce da analogia, de tal modo que, esse paralelo com o irmão do Norte não deixa de ter algum sentido.

ESTÁ TUDO COMO DANTES

ESTÁ TUDO COMO DANTES

 

É dever do cidadão civilizado, democrático, aceitar o resultado da eleição, cumprimentar o futuro Presidente Jair Messias Bolsonaro pela vitória e desejar que faça bom governo para o Brasil.

Essa manifestação pessoal é extensiva aos lindoienses representados por 83% dos votos do município que ajudaram a eleger o novo presidente da nação, parabéns!

Plagiando o título da novela da Globo, “O tempo não para”.

O TRIBUNAL DO CIDADÃO

 

O TRIBUNAL DO CIDADÃO.

 

A eleição para presidente este ano tomou a característica de um júri popular. É um tribunal, os eleitores decidirão pela culpabilidade ou não. O réu é o Partido dos Trabalhadores.

Antes de se definir os candidatos para o segundo turno Bolsonaro seria derrotado por todos Alckmin, Ciro ou Marina.  Com Haddad haveria empate técnico. Nessa situação de empate se encontrarão no dia da votação.

OS NOVOS RICOS E A MUDANÇA

OS NOVO RICOS E A MUDANÇA

Restam dez dias para o encerramento da campanha eleitoral que decidirá os cargos majoritários dos Estados e da Nação.

Os resultados para deputados estaduais, federais e senadores já são conhecidos do primeiro turno. Houve grande renovação no legislativo. É inegável que os eleitos novos expressam a vontade da população por mudança no quadro político. Não se pode negar, igualmente, que a tendência por mudança do primeiro turno se repetirá no segundo.

PESQUISAS ELEITORAIS

PESQUISAS ELEITORAIS

 

A HISTÓRIA NÃO DÁ SALTOS

A HISTÓRIA NÃO DÁ SALTOS.

 

Milhões de notícias falsas circularam pelas redes sociais através de celular com objetivo de influenciar o eleitor a votar na eleição de 2018. Não há meio legal eficiente para impedir tais notícias falsas. Elas circulam e se espalham, livremente. Como não é possível revidar, não é contestada, passa a ser considerada como uma verdade. O eleitor perde a capacidade de decisão e se torna torcedor. Exatamente, a nação está diante do confronto entre duas torcidas em final de campeonato. As outras equipes foram eliminadas.

A ORDEM E O PROGRESSO

A ORDEM E O PROGRESSO

No domingo, 7 de outubro, será realizado o primeiro turno das eleições presidenciais brasileiras. As pesquisas dizem que os vencedores serão Jair Bolsonaro, candidato da extrema-direita e Fernando Haddad, candidato da esquerda. No segundo turno Fernando Haddad venceria Jair Bolsonaro em disputa apertada.

CALCANHAR DE AQUILES

CALCANHAR DE AQUILES

 

Aquiles é mito da Grécia antiga, o guerreiro invencível que tinha o calcanhar como ponto fraco. Sua morte foi ocasionada por uma flecha envenenada que atingiu esse ponto. ‘Calcanhar de Aquiles’,  é modo de dizer que há um ponto fraco.

Os eleitores de Jair Bolsonaro o apelidaram de “mito”. A lógica pode estar no seu calcanhar. O ponto fraco do candidato são as mulheres.  Ele tem dificuldade para chegar nas eleitoras. Se for derrotado poderá atribuir a elas a causa do fracasso.

Páginas

Subscrever crusp68.org.br RSS